Inspiração

Vale a pena comprar um Kindle? + Dicas de Leitura

Na época da escola, eu lia muuuuito! Muito mesmo. Já perdi as contas de quantos livros li na vida e isso tudo fez com que eu desenvolvesse um prazer enorme também por escrever. O problema é que, durante a faculdade, encontrar tempo para a leitura e escrita foi muito difícil! Continuei lendo, mas em um ritmo muito menor; a escrita passou a ser feita apenas em blogs – vez ou outra, publico um conto aqui, mas não é a mesma coisa que dedicar mais tempo para criar uma história. Porém, meu último ano da faculdade foi em 2015 e passei 2016 todinho com mais tempo livre e mesmo assim, até alguns meses atrás, eu estava lendo pouquíssimo.

Pessoas mais próximas sabem que estou escrevendo um livro, que pretendo publicar no início do ano que vem, e onde já se viu um escritor que não tem o hábito de ler?! Mesmo com inúmeros livros comprados, eu não conseguia me dedicar à leitura de nenhum deles. A ideia para mudar tal situação veio com a publicação de Malvarrosa, livro da Tati Lopatiuk que está disponível apenas em formato de eBook Kindle. Eu já havia tentado ler eBooks no iPad, mas não era confortável para os olhos e eu também não me sentia segura para ler em qualquer lugar. Pensando nas vantagens que o Kindle poderia me trazer, me presenteei com um e foi então que tudo mudou.

Terminei Malvarrosa em algumas horas (a Tati é uma escritora maravilhosa e eu recomendo muito a leitura desse livro), minutos depois me peguei já enchendo minha lista de desejos com livros novos. As vantagens de se ter um Kindle são muitas e tudo me levou a ler seis livros em apenas um mês de uso. Só de ver por essa parte, já considero que o investimeu valeu a pena. Eu percebi que não me falta tempo para ler, o que me faltava era algo que facilitasse minha leitura.

Mas quais são as vantagens do Kindle?

Ele é leve e compacto, posso levá-lo para qualquer lugar e não preciso me preocupar em segurar um livro para mantê-lo aberto. No café da manhã, coloco o aparelho em cima da mesa e vou lendo a história do momento enquanto bebo café e como algo para começar o dia. Quando deitada ou no sofá, não preciso ficar mudando de posição para ler melhor, apenas seguro o Kindle com uma mão ou o apoio na cabeceira da cama e sigo com minha leitura.

Sua bateria dura por dias (quando eu leio muito, dura uma semana) e a regarga é muuuuito rápida. Eu sei que livros físicos não precisam de bateria, mas lembre-se de que em algum momento você precisará dormir e pode muito bem colocar sem Kindle para carregar durante a noite.

Você pode levar diversos livros para onde quiser e acabar com aquele problema de levar querer levar vários livros pesados na bolsa; seja porque está lendo duas histórias ao mesmo tempo ou porque está terminando um e já quer começar outro.

A vitrine virtual é um outro ponto positivo; eu gosto muito de passear em livrarias, mas nunca é legal revirar prateleiras e mais prateleiras à procura de um título. Na loja da Amazon, é só digitar o que você procura na barra de busca e pronto, em um minutinho seu livro já está disponível para ler! Sem falar que é mais confortável comprar livros do aconchego da sua cama, do que enfretar shopping cheio (ainda mais nesta época do ano!) e filas.

E além de tudo isso, a Amazon ainda tem um programa chamado Kindle Unlimited, onde você paga R$20,00 por mês e pode ler quantos livros quiser. Não são todos os títulos que estão disponíveis nesse programa, mas tem muuuita coisa legal no catálogo (um dos livros que vou indicar no fim do post eu encontrei por lá!) e sempre disponibilizam novos títulos. Ah! E o primeiro mês é grátis, viu? Então, se você ainda não conhece o Kindle Unlimited, vai lá dar uma olhada.

Acredito que o Kindle se resuma facilmente a uma única palavra: praticidade. Apesar de a experiência da leitura de um livro físico não ser possível com esse aparelho (coisa que quem gosta de ler, ama), não é algo com o qual eu me importo. Ultimamente, tenho preferido simplificar algumas coisas em minha vida e a forma como eu aproveito meu tempo livre é uma delas. Tenho passado bem menos tempo nas redes sociais, passando a alimentar minha mente com coisas muito mais interessantes e criativamente estimulantes. Tem sido maravilhoso e eu recomendo demais!

Os valores para o Kindle variam e eu acredito que os mais indicados sejam a versão clássica e o Paperwhite. A diferença deles é que o segundo tem uma luz que possibilita a leitura no escuro e o primeiro não conta com esse recurso. Eu preferi comprar a versão clássica, sem iluminação, e não me arrependo. Como não tenho o costume de ler no escuro, para mim a iluminação não faz falta alguma. Então, antes de escolher entre os modelos disponíveis, pense se a sua experiência vai compensar o valor pago. No meu caso, a versão clássica foi um investimento e tanto e não pretendo voltar a comprar livros físicos tão cedo. Posso dizer que eBooks são meu novo amor!

Para conhecer todos os modelos disponíveis, clique aqui.

Recomendações de eBooks

Confesso que não sou nenhuma intelectual dos livros, ok? Eu gosto mesmo de ler histórias leves, romances e não me importo de ler coisas mais popzinhas. Escolhi aqui 3 livros que eu li no Kindle durante esse tempo, me apaixonei e indico para todo mundo!

Se tiver alguma indicação de livro, ela é muuuuito bem-vinda, viu? É só deixar nos comentários!

  • O Projeto Rosie

Esse é o meu favorito da lista e está disponível para Kindle Unlimited!

Resenha: No Mundo dos Livros

Para comprar, clique aqui.

  • Love & Gelato

Sim, só tem em inglês por enquanto 🙁 Mas o livro está se saindo super bem lá fora e acredito que seja apenas uma questão de tempo, até que ele chegue no Brasil em português.

Resenha: The reading season

Para comprar, clique aqui.

  • Paris For One

O mais curtinho de todos, é um livro para ler em poucas horas, mas com uma leitura gostosa demais.

Resenha: Serendipity

Para comprar, clique aqui. {Update! Essa versão de Paris For One não está mais disponível no site da Amazon, mas é possível comprar o “Paris For One and Other Stories” clicando aqui.}

Espero que vocês tenham gostado das dicas e que esse post tenha te ajudado, caso você tenha chegado até aqui por estar em dúvida sobre comprar ou não um Kindle. Resumindo tudo o que eu escrevi acima, minha dica é: compre! E se alguém falar que esse aparelho inofensivo vai mudar sua vida, não duvide; ele está mudando a minha também.

Comentários

You Might Also Like

3 Comentários

  • Reply Sobre 2016 e as metas para 2017 – mude.me // por andressa jordano 2 de janeiro de 2017 at 12:52

    […] 30 livros! Em novembro, me dei de aniversário um Kindle e ele tem me ajudado muito a ler mais (fiz um post sobre ele no meu outro blog, o Um Café Pra Dois), por isso, acredito que a minha meta de leitura seja bem […]

  • Reply 15 livros para 2017! – mude.me // por andressa jordano 4 de janeiro de 2017 at 13:03

    […] que quero muuuito fazer em 2017 é ler mais! Já falei por aqui que o Kindle tem me ajudado muito nisso e fui bem ~ousada~ na minha meta de leituras para o ano, que é de 30 […]

  • Deixe uma resposta para Sobre 2016 e as metas para 2017 – mude.me // por andressa jordano Cancelar

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Receba conteúdo exclusivo via e-mail

    Olá! Que bom te ver por aqui :)
    Para não perder os próximos posts do Um Café Pra Dois e ainda receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
    Email address
    Fique tranquilo, nós nunca te enviaremos spam :)