Inspiração

A Young Doctor’s Notebook: Uma série russa com pitada britânica

8 de março de 2017
a-young-doctors-notebook-review-ucpd

Antes de tudo, preciso avisar logo de início, se você não tem estômago forte, esta série não é para você. Sorry! Volte duas casas e vá assistir Friends. “A Young Doctor’s Notebook” é uma série que mistura sensações. Com produção britânica e estrelada por Jon Hamm (Mad Men) e Daniel Radcliffe (Harry Potter), esta comédia de humor negro é baseada em uma pequena série de livros homônimos do russo Mikhail Bulgakov.

Ambientada no ano de 1917, durante a Revolução Russa (guarde esta informação, ela será muito importante), a série conta a história do jovem médico Dr. Vladimir Bomgard no comando do fictício Hospital de Muryevo, uma cidade rural da congelante tundra russa. Imagine uma cidade perdida no mapa, com neve por todos os lados e com mantimentos limitados. Bem-vindo à Muryevo!

Formado (com louvor) pela Universidade Imperial de Medicina e Odontologia de Moscou, Bomgard esperava atuar na capital russa, mas é enviado para o meio do nada. Constantemente comparado com o “brilhante” Leopold Leopoldovich, seu antecessor no hospital e tratando sífilis, dor de dente e outras tantas doenças bizarras. Mas a loucura não acaba aí… Pelo contrário, agora que fica mais louco.

O jovem Bomgard, Daniel Radcliffe, conversa com o seu “eu” mais velho, interpretado por Jon Hamm, enquanto atua no hospital. Loucura? Não, conforme a série desenrola (são apenas 8 episódios em duas temporadas), você percebe que tudo não passa de uma lembrança na mente do, agora, experiente doutor.

a-young-doctors-notebook-review-ucpd-04 a-young-doctors-notebook-review-ucpd-03 a-young-doctors-notebook-review-ucpd-02 a-young-doctors-notebook-review-ucpd-01

Lembra que falei da Revolução Russa? Então… Em 1917, a Rússia passava por um período conturbado. Foi nesta época que os “vermelhos” bolcheviques, liderados por um tal de Lenin, implodiram uma guerra civil contra os “brancos” contrarrevolucionários. Se ignorarmos este detalhe, não entendemos bem o porquê de Muryevo ser uma cidade tão isolada. Também não entendemos porque Bomgard fica sem fumo e decidi partir para a morfina (ok, essa não é a desculpa verdadeira, mas para um viciado, qualquer uma é a válida).

Aliás, a relação de Bomgard com a morfina é um alter ego do escritor. Bulgakov também foi médico, também se formou com excelentes notas e também foi viciado no medicamente, mas após ser ferido na I Guerra Mundial, onde foi voluntário da Cruz Vermelha no front. Em 1918, Bulgakov abandona a morfina e, em 1926, lança o livro “Morfina”, o qual é baseado a segunda temporada de A Young Doctor’s Notebook.

Você deve estar se perguntando “eu preciso de estômago forte para ver uma comédia de humor negro russa com o Harry Potter e o Don Draper?”. Pois bem, entre piadas e vícios, A Young Doctor’s Notebook mostra o lado selvagem de um hospital rural, com amputações explícitas e diagnósticos nojentos. Dá uma certa aflição, mas aposto que você irá amar/odiar o Dr. Vladimir Bomgard.

A Young Doctor’s Notebook está disponível no Netflix (no Brasil, “Diário de Um Jovem Médico”) e nós demos nota 5! Enjoy 😉

nota-05-ucpd

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Receba conteúdo exclusivo via e-mail

Olá! Que bom te ver por aqui :)
Para não perder os próximos posts do Um Café Pra Dois e ainda receber conteúdo exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Email address
Fique tranquilo, nós nunca te enviaremos spam :)